Dados mais recentes da Agência Nacional da Polícia mostram que, no balanço geral, a polícia japonesa está perdendo no combate aos crimes cometidos pelos brasileiros que vivem no Japão. Os últimos números computados, que abrangem os primeiros seis meses do ano passado, mostram que a criminalidade praticamente dobrou nesse período. Em 2006, foram 1.856 ocorrências contra os 3.572 de 2007, que resulta em uma média de 19,8 crimes por dia.

Como a polícia prendeu efetivamente 474 pessoas, isso significa que 3.098 brasileiros que praticaram algum tipo de crime continuaram impunes no país. Com esse resultado, os brasileiros se tornaram os segundos na lista de ocorrências com estrangeiros, atrás dos chineses.

No ranking dos brasileiros infratores, eles lideram as ocorrências de furto (sem uso da violência), ficando muito perto dos chineses, que formam uma comunidade muito maior do que a brasileira. Ao todo, foram 3.322 furtos contra os 3.828 praticados por chineses.

Leia reportagem completa na edição desta semana (780) do jornal Tudo Bem.

Publicado originalmente no site do jornal Tudo Bem em 23/02/2008.